Que Material Preciso?

Category : FAQ
Que Material Preciso?

O que preciso para começar a gravar?

Depende muito do género de música em que te inseres e que instrumentos tocas. Se compões com voz e guitarra, e depois convidas músicos para adicionar mais elementos, ou se fazes uma espécie de jam session. Tudo isso influencia o número de entradas que a interface terá que ter e micros que são necessários. Depois também há o seguinte: O que vais gravar pode soar a demo, ou tem que ter um bom som?

Vou tentar responder mais ou menos a estas questões.

Como sei que quem acompanha o blog tem origens no Hip-Hop, vou analisar casos onde o mínimo necessário será um micro (mas posso eventualmente sugerir interfaces com 2 ou mais entradas).

O material que vou sugerir é material que conheço, porque já o usei ou já escutei/misturei gravações feitas com ele.

Dividi o material em 3 categorias: baixa gama, média gama e alta gama. Estas categorias servem só de guia, há equipamento bem melhor que poderia entrar na alta gama e há uma infinidade de equipamento na média gama, como referi, optei por equipamento com o qual já tive experiencia. Os preços são aproximados e foram vistos na altura desta publicação.

Mínimo indispensável

Um setup básico para singer/songwriter contém os seguintes elementos:

– Microfone

– Conversor A/D – D/A (interface/placa de som)

– Cabo + tripé + pop-filter

– Headphones e/ou Monitores (e respectivos cabos)

– Computador (vou partir do princípio que todos têm um portátil ou desktop que consiga gravar)

==

Baixa gama ≅ 150€

Microfone: Samson C01U
[http://www.thomann.de/pt/samson_c01u.htm]

Tripé + pop-filter:
[http://www.thomann.de/pt/millenium_ms2003.htm]

[http://www.thomann.de/pt/the_tbone_ms200.htm]

Headphones: Sennheiser HD 201
[http://www.thomann.de/pt/sennheiser_hd201.htm]

Para gravar ideias e demos não é necessário muito e se o objetivo depois é levar essa demo/ideia para estúdio basta um micro USB e uns headphones para dar uma leve mistura.

==

Media gama ≅ 750€

Microfone: AKG Perception 220
[http://www.thomann.de/pt/akg_perception_p220.htm]

Conversor A/D – D/A (interface/placa de som)
[http://www.thomann.de/pt/focusrite_scarlett_2i2_2nd_gen.htm]

Cabo + tripé + pop-filter:
[http://www.thomann.de/pt/cordial_cam9bk_mikrokabel.htm] [http://www.thomann.de/pt/millenium_ms2003.htm] [http://www.thomann.de/pt/the_tbone_ms200.htm]

Headphones e/ou monitores: Sennheiser HD 201 e/ou Yamaha HS5
[http://www.thomann.de/pt/sennheiser_hd201.htm] [http://www.thomann.de/pt/yamaha_hs_5_bundle.htm] [http://www.thomann.de/pt/cordial_cpm_50_vv.htm]

Este é um setup com qualidade, serve bem para gravar vozes e instrumentos que podem ser aproveitados em estúdio (dependendo da acústica do espaço onde se capta). A placa de som tem duas entradas que permite a ligação de dois micros ou a gravação de uma guitarra eletroacústica, por linha e uma voz com micro, no entanto é limitada nas saídas, só tem saída de headphones e para monição.

Os micros são sempre difíceis de escolher porque cada voz é única e o mesmo micro não soa bem em todas as vozes.

Os monitores têm um bom desempenho em quase todos os géneros musicais podendo eventualmente adicionar um sub se a área da sala o permitir e se for necessário.

==

Alta Gama ≅ 1950€

Microfone: SE Electronics SE 4400A
[http://www.thomann.de/pt/se_electronics_se_4400a.htm]

Conversor A/D – D/A (interface/placa de som): RME Fireface UCX
[http://www.thomann.de/pt/rme_fireface_ucx.htm]

Cabo + tripé + pop-filter:
[http://www.thomann.de/pt/cordial_cam9bk_mikrokabel.htm] [http://www.thomann.de/pt/millenium_ms2003.htm] [http://www.thomann.de/pt/the_tbone_ms200.htm]

Headphones e/ou monitores: Sennheiser HD 201 e/ou Yamaha HS5
[http://www.thomann.de/pt/sennheiser_hd201.htm] [http://www.thomann.de/pt/yamaha_hs_5_bundle.htm] [http://www.thomann.de/pt/cordial_cpm_50_vv.htm]

Esta categoria é para quem leva a gravação e a qualidade mais a sério, a placa de som, além de permitir usb ou firewire, é expansível a mais entradas/saídas. O microfone é versátil com quatro figuras polares permitindo diferentes tipos de captação. Os monitores são os mesmos da média gama.

==

Quem trabalha comigo sabe que por norma aconselho a ter um setup mínimo para gravar demos e ideias, experimentar coisas diferentes no conforto do próprio quarto. No estúdio há sempre a pressão de economizar tempo/dinheiro, por vezes estamos tímidos, pouco à vontade ou até mesmo sem pica. A inspiração pode atacar a qualquer momento e tendo o que é preciso em casa para captar essa inspiração é uma mais-valia.

Antes de fazer upgrades – ou quando pensares em comprar material – verifica primeiro se há orçamento para tratar acusticamente o espaço em que estás a montar o teu setup. Aqui encontras uma pequena ajuda.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

@