Mistura ou Master?

Category : FAQ, Info Técnica
Mistura ou Master?

 

E então?

É comum ser abordado online com diversas questões. A que me deixa sempre de pé atrás é: “Quanto custa uma masterização?” porque eu nunca sei se a pessoa precisa de mistura ou de master. Quando pergunto se o tema já está misturado levo com o: “Qual a diferença?”

Mistura e master são duas etapas – da criação de um disco ou tema – que confunde muita gente.

De forma muito básica estas são as diferenças:

Mistura

A mistura é moldar o que foi gravado. Colocar efeitos, ajustar volumes, equalizar, comprimir; fazer o que for necessário para encontrar o equilíbrio certo entre todos os elementos que compõe o tema. Temos de pensar na mistura como se fosse um puzzle, tudo tem de encaixar e formar uma “imagem” que te agrade. Quando assim o for, terminaste a mistura.

Master

A masterização – a ultima etapa da gravação de um tema/disco – consiste em adicionar uns pós de perlimpimpim e um pouco de “brilho à música”. Quando se faz um master a um disco, estás te a certificar que a primeira canção não explode com as colunas enquanto que a segunda é quase inaudível – por outras palavras, queres que os níveis entre as musicas seja semelhante e que no geral haja uma coesão no disco e que flua naturalmente. Além disso, na parte da masterização é onde também são preparados os ficheiros para seguirem para fábrica a fim de criar suportes físicos do projecto (CD, Vinil ou cassete).

Mais uma vez reforço a ideia de que isto foi uma explicação muito ligeira. Ambas as etapas são complexas o suficiente para elaborar vários posts sobre o assunto.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

@